5 dicas para correr a Special Run!

Muitos corredores que irão participar da 6ª Corrida Special Run ainda não conhecem o novo percurso da prova. Este ano o percurso foi modificado e então, mesmo para quem participou das edições anteriores, algumas atenções são necessárias.

O percurso desta prova está entre os mais desafiadores – se não, o mais desafiador – entre as corridas de rua de Piracicaba. Com muitas subidas e descidas o trajeto é uma excelente oportunidade para testar sua condição física e a capacidade de elaborar estratégias de prova.
Algumas pessoas não gostam de percursos difíceis mas, particularmente, acredito que são durante as dificuldades das provas que mais nos desenvolvemos. É quando saímos de nossa zona de conforto, que a expandimos para um nível ainda maior.

Afinal, nossas melhores recordações sempre estão associadas à conquistas repletas de desafios, certo? Sempre damos mais valor para aquilo que foi mais difícil de conquistar.

specialrun

Então, segue 5 dicas elaboradas pelo nosso professor, Rodrigo Galhardo, para os corredores que irão fazer a prova pela primeira vez:

1 – Cuidado com o ritmo inicial: Aos novatos em corrida, um dos erros mais comuns é “se deixar levar” pela velocidade dos mais experientes. Após a largada da prova, há uma tendência dos iniciantes – empolgados com o clima do evento – seguir o ritmo dos corredores que estão mais a frente, até que, após alguns metros, sua respiração fica mais ofegante, se sente mais cansado que o habitual e é obrigado a caminhar para descansar. Na grande maioria das vezes, esse aumento da velocidade inicial ocorre sem que o próprio corredor perceba. Então, estar atento aos sinais do corpo e respeitar seus limites é fundamental para aproveitar bem a prova.

2 – Não force o ritmo nas subidas: As subidas do trajeto da prova são mais longas do que muitas outras de Piracicaba. Quando enfrentamos algumas subidas curtas, por vezes, é melhor acelerar para passar logo por ela. Mas, quando nos deparamos com longas “muralhas”, o mais prudente é diminuir um pouco o ritmo, para garantir que conseguirá terminá-la. Tentar aumentar o ritmo para ultrapassar os que estão mais devagar, pode ser um grande erro nesta parte da prova.

3 – Não exagere nas descidas: Depois de uma longa subida, qualquer corredor se sente aliviado ao ver uma descida. Mas, as descidas merecem tantos cuidados quantos às subidas. As subidas, por característica, são mais cansativas, pois exigirem maior produção de força do corredor. Em contrapartida, às descidas são mais lesivas pois, é durante a fase de “frear” o movimento das passadas, que temos maior estresse em nossa musculatura. E como teremos muitas descidas na prova, todo cuidado é pouco.

4 – Hidrate-se: Como já disse anteriormente, este é um dos percursos mais desafiadores de Piracicaba, o que exige um alto nível de esforço dos participantes para completar a prova. Com o aumento do esforço, há um aumento de nossa temperatura corporal e, por consequência, nossa taxa de sudorese também aumenta – visto que o suor é uma maneira de nosso corpo regular nossa temperatura interna. Com o aumento do suor, perdemos mais líquidos e, para que possamos manter um bom desempenho na corrida, é muito importante reabastece-los. Então, não pense que estará perdendo tempo ao pegar água nos pontos de hidratação. Isto poderá aumentar seu rendimento ao longo da prova.

5 – Curta cada momento: Por fim, vale lembrar que não somo atletas profissionais. Não somos pagos para ganharmos a prova e não temos cobranças de patrocinadores. Claro que todos buscamos sempre melhorar e usufruir de toda dedicação aos treinamentos mas está não é uma prova para quebrar recordes pessoais. Então, aproveite a corrida de outra maneira. Curta as belas paisagens da corrida – já que quase nunca temos a oportunidade de corrermos por este percurso –, corra com os amigos, conheça novas pessoas e aproveitem a “festa”. Afinal, o mais importante é se divertir!

Aos que ainda não se inscreveram para a prova, garanta já sua inscrição! As vagas são limitadas e estão quase se encerrando! Clique AQUI e inscreva-se!

Rodrigo S. Galhardo, professor BioEco – Corrida / Treinamento Funcional / Personal Trainer. 

Compartilhar:

Deixe um Comentário

Últimas Notícias

 
Treinamento de força e economia de corrida
Existem vários métodos de treinos que podem ser utilizados para ganho de força muscular: Resistência de Força, Força Máxima, Levantamento de Peso Olímpico, Pliometria e Sprints são alguns exemplos de métodos existentes. No entanto, é importante destacar que não necessariamente o aumento de força está atrelado ao aumento da massa muscular. O aumento da força
Qual o objetivo e como é feito o Bike Fit?
Para quem ama pedalar e independente do seu objetivo o Bike Fit é fundamental. Ele minimiza o risco de lesões e melhora o rendimento do ciclista. Mas qual o objetivo do Bike Fit? ✔O principal objetivo do Bike Fit é proporcionar a melhor sinergia possível entre ciclista e bicicleta de forma que ele possa tirar
Consultoria on-line e Planilha de Treinos
Independente do esporte que pratica, você pode contar com a planilha de treinos para te ajudar: natação, musculação, ciclismo, entre outros, podem e devem ter um plano de treinamento específico e periodizado.⠀ ⠀ 👉Seguir um plano de treinamento pode ajudá-lo(a) a desenvolver melhor suas habilidades, melhorar seu rendimento e manter sua evolução constante, tudo isso
Fuja de promessas milagrosas de emagrecimento!
Fuja de promessas do tipo: “emagreça 5kg em uma semana”; “perca peso enquanto dorme”. Não existe milagre! A união reeducação alimentar + exercícios físicos é a fórmula para emagrecer e cuidar da saúde. Musculação, corrida, natação, ciclismo, entre outros, são atividades que ajudam a alcançar bons resultados. ⠀ Aliado a isso, consulte um nutricionista para
Longevidade!
Gosto de pensar em 4 pilares fundamentais para alcançar a longevidade aproveitando a independência motora e a sabedoria acumulada por momentos de experiência ao longo da vida, são eles: Saúde, Trabalho (esforço), Descanso (regeneração orgânica, lazer) e Família. ⠀ Lembre-se que nenhum deles se sobrepõe ao outro, todos são importantes ao longo do ciclo vital.⠀⠀⠀⠀
Fisioterapia na Bio Eco Esportes
A fisioterapia é de extrema importância para pessoas que precisam de uma reabilitação após uma lesão, para atletas que buscam estar sempre no alto rendimento e também é direcionada a pessoas sedentárias que sentem dores. Atuando na prevenção e reabilitação de lesões, pré e pós operatórios, nós da BioEco contamos com fisioterapeutas que vão te

Parceiros