Genética e emagrecimento

“Muito se fala sobre a influência da genética na Obesidade. Até que ponto nossos genes são responsáveis por nosso acúmulo de gordura? E nosso estilo de vida?

Uma das teorias que busca explicar a influência da genética na Obesidade é a teoria do “genótipo econômico”. Mas, para entender esta teoria precisamos voltar para épocas pré-históricas.

Quando nossos antepassados precisavam caçar para conseguir comida, eles viviam em constante ambiente de escassez alimentar e por vezes passavam dias sem comer. Assim, quando havia alimento, era natural que comessem o máximo que aguentassem com o intuito de criar um “estoque” de energia para possíveis novos momentos de escassez.

Esse hábito funcionou como uma proteção para a evolução da espécie humana. Os organismos melhores adaptados à estocar energia foram selecionados naturalmente – de acordo com a teoria evolutiva – e transmitiriam seus “genes econômicos” para seus herdeiros.

Porém, uma falha dessa teoria, foi não abordar a grande capacidade física que nossos ancestrais possuíam. Força, velocidade e resistência eram determinantes para definir se você conseguiria lutar, fugir ou se morreria em uma batalha contra um predador. Vivíamos em um ambiente altamente exigente do ponto de vista energético.

Sendo assim, a teoria da “Libertação do Predador” surgiu para completar a teoria do Genótipo Econômico.  A teoria diz que uma rede genética específica, responsável pela capacidade de nossos ancestrais se locomoverem rapidamente e em grandes distâncias, também foram fundamentais para a evolução da espécie. Afinal, os que não possuíam tais capacidades se tornaram presas fáceis na antiga cadeia alimentar, não sobrevivendo para dar continuidade à sua linhagem genética.

Agora, se os genes responsáveis por uma alta capacidade de estocar energia e por nos proporcionar um altíssimo gasto energético foram responsáveis pela evolução de nossa espécie por milhares e milhares de anos, será que poucas centenas de anos foram suficientes para uma alteração significativa em nossa carga genética? Ou será que ainda carregamos alguns desses genes conosco?

A verdade é que esses genes ainda estão presente em nosso DNA!

Porém, o atual ambiente de fartura alimentar, de alimentos de baixa qualidade, nossa genética econômica – genes favoráveis ao armazenamento de gordura – aliados ao problema de que não precisamos mais caçar nossa comida, não precisamos fugir de predadores e de que mal precisamos caminhar para ir para lugares diferentes são alguns dos grandes responsáveis pela epidemia de Obesidade.

O ambiente em que vivemos se tornou muito mais favorável ao acúmulo de gordura, do  que ao alto gasto energético. Estamos estocando mais do que gastando. Estamos comendo mais do que nos exercitando. Estamos cada vez mais, gastando menos.

Mas, não se desespere. Assim como é necessário comer para nossos genes econômicos ordenarem nossos tecidos estocarem energia, basta praticar exercícios para estimular nossa outra rede de genética a gastar essa energia.

Na maioria dos casos um programa de treinamento consistente e bem elaborado integrado à uma reeducação alimentar, disciplina e determinação são bastante efetivos para  diminuir o excesso de gordura corporal.

Para isso a Bio Eco Esportes conta com uma excelente equipe de profissionais prontos para auxiliá-lo em seus treinamentos e no controle de sua alimentação.” – Rodrigo Galhardo, professor BioEco.

Compartilhar:

Deixe um Comentário

Últimas Notícias

 
Alimentação X Culpa
É comum você se sentir culpado(a) após comer? Não, não é normal associar alimentação com culpa! Você sempre associa sentimentos negativos com a alimentação? A alimentação é sua ÚNICA fonte de prazer? Você separa em “alimentos de dieta” e “alimentos proibidos”? Se você respondeu sim, a alguma dessas perguntas, acredite, esse seu relacionamento com a
Musculação melhora o VO2?
O que é VO2? É importante para a Corrida? ⠀ Treinos de Musculação ajudam a melhorar? ⠀ ⠀ Bom, primeira coisa que devemos ter claro é o que é o VO2! Basicamente, VO2 é o volume de Oxigênio (O2) que seu corpo é capaz de captar, transportar e utilizar (lembrando que o oxigênio é importantíssimo
Segunda-feira é dia de treino aberto de corrida!
Todas as segundas temos treino aberto de corrida e caminhada no Parque da Rua do Porto! Temos dois pontos de encontro: às 18h50 na BioEco (Rua Ipiranga, 226. Quase em frente ao SESC) ou às 19h na fonte desativada dentro do Parque. Participe com a gente! O treino aberto é gratuito.
Alimentação e o comportamento “compensação”
Final de semana chegando… e é bastante comum os exageros em bebida alcoólica e petiscos. Um comportamento que é bastante prejudicial, tanto para a saúde, como para composição corporal, é o comportamento “compensação”. Observo muitas pessoas que comem exageradamente e depois acreditam que uma corridinha, um treino ou outras atividades físicas possam compensar excessos alimentares.
Setembro Amarelo: exercício físico no tratamento da Depressão
A Organização Mundial da Saúde estima que temos atualmente mais de 350 milhões de pessoas afetadas pela depressão. O transtorno depressivo maior é o mais prevalente transtorno mental, com uma prevalência ao longo da vida de 6-15%. A depressão é um dos diagnósticos mais comuns quando pensamos nos cuidados da saúde. A doença reduz a
Qual seu sonho no esporte?
Alcançar a linha de chegada? Ver seu relógio e confirmar que bateu seu próprio recorde? Chegar à condição física ideal? Vencer uma etapa de algum campeonato? Ser campeão de sua região ou nacional? Qualquer coisa que não seja do tamanho do sonho que você sonhou, não pegue, não faça! Seu sonho é importante, mas conquistá-lo

Curta a nossa Fan Page

 

Instagram

 

Parceiros

 

Contato

 

Entre em contato para saber mais sobre treinos, calendário de provas e outras informações.

Fone:    +55 (19) 3382.5451
Celular: +55 (19) 99690.7588
Email:   contato@bioecoesportes.com.br

Endereço:
Rua Ipiranga, 226
Centro | Piracicaba-SP
CEP. 13400-480