Dor na corrida: o que fazer?

A dor articular é uma preocupação que acomete praticamente a todos os seres humanos, principalmente os que gostam de correr. Quem nunca sentiu esse tipo de dor em alguma articulação é privilegiado por sorte ou por uma ótima consciência corporal e muito treino realizado de maneira adequada. Suas causas são as mais variáveis possíveis: pode ser desde uma queda abrupta, uma pancada, massa corporal elevada, falta de suporte muscular ou até o mau uso da articulação no trabalho ou em casa.

Seus tratamentos também variam entre o simples e o complexo. Mas vamos aqui entender um pouco como proceder para prevenir e melhorar a performance da articulação. Primeiramente, procure saber a causa da dor. Após a descoberta através de exames clínicos e de imagem, busque a reabilitação. Nesse período, sua dor deve cessar completamente ou ficar muito “fraca”. Após isso, leve uma carta ou dados sobre as necessidades especiais que seu treinador deverá levar em conta em seu primeiro ciclo de treinos.

Ao começar a treinar, observe como seu pé toca o solo, se a distribuição de sua massa corporal está sendo dividida da melhor forma possível. Observe também, se o seu joelho, no momento que seu pé toca o solo, está um pouco flexionado (a literatura nos indica que ele sofre menos agressão quando está fletido). Essas são apenas pinceladas técnicas que vemos as pessoas sofrerem para melhorar.

Outro ponto muito importante é o equilíbrio do fortalecimento entre as regiões posteriores e anteriores do corpo. O equilíbrio corporal é um fator importante para a prevenção de dores, assim como o controle do peso corporal.

Observe muito se você está com sobrepeso ou obeso, pois isso poderá lhe trazer muitos problemas articulares, inclusive dores na coluna. Prefira perder um pouco de peso e fazer um fortalecimento antes de iniciar a corrida ou voltar a treinar para a corrida.

Esses pequenos cuidados podem fazer uma grande diferença em sua vida esportiva. Se cuide!

Compartilhar:

Deixe um Comentário

Últimas Notícias

 
Pré-treino: existe fórmula mágica?
“O melhor pré-treino que existe até agora se chama aquecimento, ou seja, você não é a única pessoa no mundo que não sente vontade de treinar! Você acha que tomando a famosa fórmula estimulante vendida na farmácia ou na loja, irá te proporcionar “vontade e energia” para treinar? É aí que você se engana e
Time BioEco na Arraso Half Marathon em Piracicaba!
No último domingo, os alunos do  Time BioEco marcaram presença da tradicional corrida da Revista Arraso – Arraso Half Marathon. A prova contou com distâncias de 5km, 10km e 21km. Confira as fotos!  Parabéns, pessoal!!!
Como os treinos resistidos melhoram a performance de corredores de média e longa distância
A melhora do desempenho em corridas de média e longa distância se deve a melhora gradativa de variáveis fisiológicas, biomecânicas, psicológicas, fatores ambientais, fatores técnicos e táticos. Pensando em uma perspectiva fisiológica, temos três parâmetros principais que influenciam diretamente no desempenho, são eles: Consumo máximo de oxigênio (VO2max) Economia de movimento Limiares de esforço (parâmetros
Exercício físico e depressão: ressignificar a essência
A Organização Mundial da Saúde estima que temos hoje no mundo mais de 350 milhões de pessoas afetadas pela depressão. O transtorno depressivo maior é o mais prevalente transtorno mental 2005), com uma prevalência ao longo da vida de 6-15%. A depressão é um dos diagnósticos mais comuns quando pensamos nos cuidados da saúde (OMS,
Treino Aberto em prol do Lar dos Velhinhos de Piracicaba
Sábado tem treino e será especial! Corrida e caminhada em prol do Lar dos Velhinhos. Venha treinar com a gente, tomar um café da manhã delicioso e ainda ajudar o Lar dos Velhinhos – doe 1kg de alimento não perecível. O treino é gratuito, para todos e nosso ponto de encontro será na Lucia Ruivo
Quanto tempo devo descansar após o treino de corrida?
Depende do tipo de treino! Para cada método de treino:  ✔Contínuo em baixa intensidade; ✔Contínuo em alta intensidade; ✔Intervalados; E para cada distância percorrida, o tempo de descanso será diferente. No geral pode variar de 12 horas (para treinos menos desgastantes) até 72 horas (para treinos mais desgastantes). A alimentação e o tempo de descanso

Curta a nossa Fan Page

 

Instagram

 

Parceiros

 

Contato

 

Entre em contato para saber mais sobre treinos, calendário de provas e outras informações.

Fone:    +55 (19) 3382.5451
Celular: +55 (19) 99690.7588
Email:   contato@bioecoesportes.com.br

Endereço:
Rua Ipiranga, 226
Centro | Piracicaba-SP
CEP. 13400-480